Dia dos namorados sem namororado

“Mais um dia dos namorados sem namorado”, difícil não pensar isso e ser alheia a tantas propagandas por toda a parte.

Mas será que ter um namorado nesse dia é sinônimo de felicidade? Acumulei tantas histórias frustradas de Dia dos Namorados que começo a questionar o quanto um namorado me seria importante nesse dia.

Prefiro alguém que seja meu eterno namorado. Que seja surpreendida com um bilhete ou um jantar a luz de velas seja em um restaurante especial ou na própria casa em um dia qualquer, em um dia que nem imagino que isso irá acontecer, em um dia que não espero receber algo porque todo o mundo está fazendo isso.

Meu convite é que você nesse dia se está sem namorado, não se sinta mal por isso. Não pense que tem que sair de casa e decide fazer algo como buscar desesperadamente uma festa de solteiros, onde você acredita que por ser um dia especial irá encontrar alguém especial, mas na verdade pode voltar para casa se sentindo mais sozinha, pois afinal não aconteceu como você esperava ou até teve uma história interessante, mas que pode ser mais uma coleção frustrada nos próximos dias.

Até hoje o meu melhor dia dos namorados foi quando reunimos amigas que estavam solteiras e decidimos celebrar o amor em um jantar especial na casa de uma delas. Ela preparou a casa com cartazes na parede, poemas de amor até no espelho do banheiro e falamos de amor, falamos que tipo de amor queríamos e o que precisava deixar para trás que nos impedia de viver esse amor especial. Realmente celebramos o amor… Falamos dele… Distribuímos o amor uma para as outras… Como no Valentine´s Day celebrado no mundo inteiro, celebra-se o amor e não somente um namoro.

Não pense que você tem que viver algo especial somente nesse dia, mas busque o especial na sua vida. Você não precisa ser feliz todas as horas do seu dia, mas pode ser feliz todos os dias da sua vida.

Então, se você está solteira, não deixe se abater por isso. Cuide de você. Celebre o seu amor por você. Para ser amada, precisamos nos amar. Isso é clichê, mas é a mais pura verdade. Sendo assim, se dê de presente algo especial no dia dos namorados… Se namore! Você verá como receber amor de nós mesmos muda nossa vida.

 

Claudia Barbieri

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

2 comentários em “Dia dos namorados sem namororado

  1. Clau… Que lindo amiga! Eu acredito 100% nisso, é aquele ditado que eu sempre comentava com você… cuidar do jardim que somos nós mesmas, o nosso coração. Às vezes temos que ter as histórias frustrantes pra podermos apreciar estes momentos como o jantar que você comentou. Cada um de nós passamos por esses momentos e o bom é o aprendizado que fica. A cada experiência quebramos alguns paradigmas e vamos ficando mais livres pra felicidade. Abraço grande e parabéns!

Deixe uma resposta